domingo, 7 de setembro de 2014

Blumenau - Frederico Guilherme Busch.


Blumenau se desenvolveu a partir de ações de grupos e, de pessoas isoladas - personagens na história. Muitas vezes, no dia à dia, passamos na frente de um local e desconhecemos sua história. 
Como por exemplo, a história desta casa situada na rua XV de novembro, atualmente ocupada por dois estabelecimentos comerciais distintos e que já foi residência do Sr. Frederico Guilherme Busch.

Parte do livro:
A Ferrovia no Vale do Itajaí - Estrada de Ferro Santa Catarina

Sr. Frederico Guilherme Busch
Foto: Sr. Adalberto Day
Sr. Busch chegou a Blumenau em 1888, com 22 anos, tendo nascido em Santo Amaro da Imperatriz. 
Ao se instalar na cidade, abriu um comércio que exportava manteiga, queijo, banha e outros produtos oriundos das propriedades coloniais localizadas nos núcleos urbanos instalados acima do Stadtplatz de Blumenau. Após um período atuando como comerciante na cidade, Busch investiu o excedente do comércio na indústria, criando fábrica de fósforo, charutos, manteiga e banha. 
Com a intenção de automatizar a manufatura de fósforo, instalou a primeira usina hidrelétrica da cidade e da Província de Santa Catarina. O excedente da produção de energia elétrica ele passou a comercializar e vender para outros industriais, para comércios e até para a administração pública. Em 1903, Sr. Busch adquiriu o primeiro automóvel, importado dos Estados Unidos da América.
Foi publicada uma nota, na revista Blumenau em Cadernos, tomo IX, maio de 1968, n.5, p. 100, comentando sobre o primeiro automóvel e o desejo de ter uma ferrovia no Vale do Itajaí. Transcrição a seguir.
"Foi nas ruas de Blumenau que começou a rodar o primeiro automóvel que Santa Catarina viu. Isso foi em 24 de setembro de 1903. E quem importava o revolucionário veículo da América do Norte fora o senhor Frederico Guilherme Busch. A respeito, o “urwaldsbote” nº 13 daquele mês e ano publicava a seguinte nota: “os modernos meios de comunicação já estão invadindo o sertão. Na semana passada, podemos ver pela primeira vez, nas ruas de Blumenau, um veículo automotor. O proprietário desse meio de transporte é o Sr. Frederico Busch, que adquiriu na América do Norte. A nossa civilização está progredindo. Ainda há bem pouco tempo, o velocípede era, aqui, uma curiosidade e agora já temos inúmeros dêles. Até já nos acostumamos a ver senhoras montadas em velocípedes. Do velocípede passamos agora para o automóvel. Infelizmente ainda falta o mais necessário: a estrada de ferro. Quando será que ouviremos seu apito?”
Primeiro automóvel de Blumenau e de Santa Catarina - Família  Busch
Foto do livro a Ferrovia no Vale do Itajaí - Estrada de Ferro Santa Catarina
Com o objetivo de melhorar o transporte dos produtos que importava e exportava e aumentar seus lucros, Sr. Busch colocou em operação, em 1913, o primeiro barco com motor de combustão a trafegar entre Blumenau e Itajaí, o Gustav. Esta embarcação transportava passageiros e fazia a viagem em menor tempo que os concorrentes a vapor. Realizava a viagem de ida e volta a Itajaí no mesmo dia.
Em 1914, Sr. Busch colocou em funcionamento o primeiro ônibus da cidade e do Estado de Santa Catarina. O ônibus tipo Jardineira tinha 12 lugares para passageiros sentados e mais um em pé, fazendo a ligação entre o Stadtplatz e a comunidade de Altona, atual bairro de Itoupava Seca.
Primeiro ônibus de Blumenau e do Estado de Santa Catarina
Foto do livro a Ferrovia no Vale do Itajaí - Estrada de Ferro Santa Catarina


Sr. Frederico Guilherme Busch foi um dos gestores da Empresa Industrial Garcia - mais tornou-se a Artex - entre 1901 e 1906. 
Também teve presença ativa e atuante nos momentos culturais de Blumenau. Em 1910, patrocinou a vinda de um grupo teatral da Alemanha, para se apresentar na Sociedade Teatral Frohsinn.

Sr. Frederico Busch Jr.


Faleceu em 1943, aos 77 anos e está sepultado no cemitério luterano do  Centro.. Os negócios foram assumidos pelo filho, Júnior, que mais tarde foi prefeito da Blumenau nos anos de 1945 a 1946, 1947 a 1951 e 1956 a 1961.


Placa da data de falecimento de seu filho Frederico Busch Jr.















Blumenau  em Cadernos
Um personagem da história local e estadual...







Nenhum comentário:

Postar um comentário