domingo, 30 de setembro de 2018

A Rota do Enxaimel - à bordo do Bruttus - Pomerode



Jeep - adaptado para fazer passeos pela "Rota do Enxaimel"
pilotado por Ronald Kreidel.
Em outras oportunidade, pesquisamos na "Rota do Enxaimel", participando de Caminhadas Noturnas de Pomerode, de maneira independente, mas nunca o fizemos de Jeep na companhia do Ronald Kreidel, um dos grandes motivadores junto aos proprietários de tipologias históricas pertencentes ao patrimônio histórico arquitetônico de Pomerode. Seu trabalho desperta no proprietário, o sentimento positivo de possuir uma casa com lastro histórico, a qual desperta interesse de pessoas que vem de muito longe para visitar e conhecer esta história e a cidade de Pomerode que é conhecida, também por este trabalho desenvolvido. Consequentemente, todo este trabalho, também aumenta a autoestima das pessoas, que até bem pouco tempo atrás, não se sentia muito orgulho de sua cultura e história,  reflexos do Nacionalismo impetrado pelo governo de Getúlio Vargas, a partir de década de 1930, nas regiões onde suas cidades foram fundadas por imigrantes alemães e italianos.
Subimos à bordo do Bruttus, como se chama o Jeep pilotado por Kreidel, adaptado para percorrer os mais de 26 km e observar o conjunto de edificações em Fachwerk, denominada a "Rota do Enxaimel", no dia 22 de setembro de 2018.
Self feita por Kreidel.
A Rota do Enxaimel

"Rota do Enxaimel" está localizada no Vale do Rio da Luz, onde há várias tipologias na paisagem, com estrutura em enxaimel em satisfatório estado de conservação, em uso, inseridas no entorno original e na paisagem, na qual foram construídas. A "Rota do Enxaimel" está localizada na localidade do Testo Alto, no Vale do Rio da Luz, pertencente às cidades de Pomerode e Jaraguá do Sul (onde também há um conjunto semelhante a esse de Pomerode).

Em Pomerode, o resultado é consequência de um trabalho comunitário, administração pública e dos proprietários que iniciou há mais de 25 anos. É o primeiro conjunto Paisagístico Cultural Brasileiro tombado, enquanto conjunto cultural. De acordo com a portaria IPHAN 127/09, constitui uma paisagem Cultural Brasileira.
Propriedades da Rota do Enxaimel protegidas:

Tombamento Estadual
Casa Strutz (Rua Testo Alto - 2098)
Salão Belz (Rua Testo Alto - 3279)
Casa Hugo Rahn (Rua Testo Alto - 8430)
Casa Zumach (Rua Testo Alto - 7097)

Tombamento Federal
Casa Erwin Arndt (Rua Progresso - 1241)
Casa Ovídio Sievert (Rua Testo Alto - 7875)
Casa de taipa (Rua Testo Alto - Fundos - 9690)
Casa Wachholz (Rua Testo Alto - 6148)
Comércio Haut (Rua Presidente Costa e Silva - 719)
Casa Comercial Weege (Rua Presidente Costa e Silva - 677)

Proteção do Plano Diretor de Pomerode
54 propriedades.
Ouvimos durante o itinerário, que uma determinada região da Alemanha é o local que tem mais tipologias em enxaimel,"e que Pomerode é o lugar onde tem mais tipologias com estrutura enxaimel fora da Alemanha".Mesmo mediante toda "a derrubada" e demolições de tipologias com estrutura  em enxaimel na cidade de Blumenau, a cidade ainda é cidade que tem mais tipologias construídas com estrutura enxaimel fora da Alemanha - onde, muitas são as regiões que possuem muito enxaimel, construído nos vários períodos históricos, dos mais variados tipos, até mesmo no período neolítico, que ficou submersos nos lagos do Alpes e portanto ficaram conservados. Contando também, que lá - na Alemanha, em algumas regiões, nunca se parou de se construir enxaimel.
"Bar Kriado" - Stadtplatz de Blumenau

Vilmar Vidor
Participamos do curso  Deutesches Zentrun fur Hanwerk  und Denkmalpflege, entre os dias 12 a 16 de agosto de 1996 com o renomado especialista alemão em Fachwerk e seu ajudante - Dr. Professor Manfred Gerner e   Loth respectivamente. Neste momento ele mencionou, a partir de dados do IPPUB - Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Blumenau, que Blumenau tinha a maior concentração de edificações com estrutura enxaimel fora da Alemanha. Na época, o Dr. Professor Arquiteto Vilmar Vidor e suas equipes da FURB e do IPPUB efetuaram um levantamento das casas históricas com esta estrutura - possuímos copia deste trabalho.


O conhecido carpinteiro Herr Tied na nossa frente (estamos na varanda de preto), de verde musgo - responsável pelo enxaimel do Weege onde está o museu Pomerano - Pomerode.
Manfred Gerner na escada - Edificação de Vila Itoupava - Casa Franz - construída no final do século XIX - sendo restaurada pela equipe. Estrutura em enxaimel e fechamento em taipa. Aberturas de madeira.
Em 2015 foi feito um inventário patrocinado pelo Fundo Municipal de Apoio a Cultural de Blumenau,  participamos da equipe, e novamente foi contabilizado grande número de tipologias em enxaimel (226), sendo que o levantamento foi parcial.
Fonte: JSC - Coluna do Pancho - Francisco Fresard
Dia 03 de Agosto de 2015
Mas o que realmente nos faz afirmar que Blumenau apresenta o maior número de tipologias com estrutura enxaimel é nosso conhecimento sobre a história da rua comercial da cidade - a parte central da cidade - mais precisamente nas proximidades da Wurststraße  - Rua XV de Novembro e entorno  imediato. No final do Século XIX e início do século XX, a Rua XV de novembro era tomada de tipologias em enxaimel, como é o exemplo da Casa Husadel - uma tipologia histórica que possui a estrutura enxaimel, rebocada, como aconteceu com inúmeras edificações comerciais construídas no Wurststraße - Rua XV de Novembro no início do Século XX.
Paredes da Casa Husadel - Estrutura enxaimel com fechamento de tijolos maciços rebocados - foto que fizemos no seu interior durante trabalhos de manutenção em 2017.


Em Blumenau do início do Século XX, estava sendo adotado o novo modelo vigente internacional - por aqueles que faziam parte das lideranças econômicas locais, que não adotavam mais a maneira de construir local e do pioneiro, mas buscavam a linguagem internacional – também usada nas capitais - Art decó e o eclético - cujas edificações continuavam a ser construídas com estrutura enxaimel - porém, rebocadas e com decorativismo. Também, outros muitos rebocaram sua já existente tipologia enxaimel e adotaram os primeiros “fachadismos” na região, para conseguir visualmente a apresentação da "nova arquitetura". Observem essa fotografia da Rua XV de Novembro no ano de 1915 – a presença de grande número de edificações com estrutura enxaimel ainda presente na paisagem, contrariando a teoria de que essa tipologia e sua técnica construtiva era usual somente nas propriedades rurais.

Muitas destas casas se encontram rebocadas atualmente - na paisagem e são dotadas de estrutura em enxaimel Blumenau  - Rua XV de Novembro - 1915


Também a edificação da Casa Husadel é uma tipologia enxaimel – rebocada - uma das mais bonitas arquitetura localizadas na Rua XV de Novembro. Tem mais de 120 anos de idade. Há muitas outras edificações no centro de Blumenau com semelhante característica - enxaimel rebocado, no local da rua do comércio da cidade de Blumenau. 
Casa enxaimel da Rua XV de Novembro - Blumenau


Foi construída no ano de 1895 e pertencia a Paul Husadel, que inaugurou no local, um espaço comercial da família. Nele, funcionava uma ótica e joalheria, inaugurada no ano de 1904. Na virada do Século XIX para o Século XX, a Casa Husadel, junto com o Hotel Holetz, era considerada ícone da modernidade e desenvolvimento na cidade - com a estrutura enxaimel rebocada.A edificação é uma construção com estrutura enxaimel (descobrimos durante uma visita neste ano de 2017 - durante trabalhos de manutenção.Detalhes da Wurststraße - Blumenau, no início do Século XX.



Também devem ser consideradas as muitas tipologias - as quais estudamos e permanecem na paisagem da cidade de Blumenau - de hospital a escolas, com inúmeras residencias, com pessoas ainda residindo em seu interior.

Edificação com estrutura enxaimel com fechamento de taipa com mais de 125 anos de idade - interior de Itoupava Central - Blumenau.




Em Blumenau, não existe um trabalho com a qualidade feito a partir do poder público municipal que não tem voltado sua atenção para a importância do patrimônio histórico arquitetônico, como vem sendo feito na cidade de Pomerode e também desenvolvido pelo idealizador do Tour a Jeep -  Roland Kreidel - pela "Rota do Enxaimel", e tudo que vem sendo construído, sob vários aspectos, junto a estes proprietários e sociedade de Pomerode.Por esta e outras medidas, citamos a cidade de Pomerode em nossas palestras, como exemplo positivo - sendo uma cidade pequena, que além do setor industrial que conquistou - alinhado ao setor agropecuário, encontrou no turismo cultural, outra opção econômica, além do aspecto cultural/educação e de identidade que estas práticas representam para os pomerodenses e para a cidade - que vem atraindo visitantes conscientes sobre a importância da paisagem original sob vários aspectos e desprovida de cenários - juntamente com a produção de artesanato, gastronomia, música, ...Com uma população girando em torno de 25 mil habitantes, pode-se afirmar que Pomerode conquistou sua independência economia, se posicionando de maneira autossuficiente, a exemplo de muitos lugares desenvolvidos no planeta, sem perder sua identidade, fato que no Brasil é erroneamente confundido com "Desenvolvimento". Um exemplo entre muitos e que visitamos neste Tour pela "Rota do Enxaimel' - é o trabalho da Família Siewert - três gerações trabalham na propriedade - onde está a casa Siewert - impecável e com a manutenção em dia. A família vibra com os momentos que recebem visitantes e contam a sua história de família.Neste vídeo que fizemos durante o nosso deslocamento na "Rota Enxaimel"  coletamos algumas falas, na forma de entrevista com o membro pertencente a geração mais jovem do Siewert - Jackson Siewert. Quem construiu a casa histórica na qual residem, foi seu bisavô Evald Siewert.
As imagens Comunicam - Momento na "Rota Enxaimel"
Durante a "Rota do Enxaimel"  visitamos algumas tipologias, parando mais tempo na Casa da Família Siewert, onde encontramos no local três gerações: Wandelin, Adir e Jackson. Jackson Siewert falou sobre enxaimel e patrimônio histórico arquitetônico da família e Adir, sobre a árvore genealógica da família. Na visita estavam pessoas do norte e de São Paulo.









Ronald Kreidel






Croqui publicado no livro - centenário de Blumenau - que apresenta toda a estrutura de um lote colonias e suas instalações - presentes junto a muitas destas edificações quase centenárias - como por exemplo - local do pomar, do quintal, o rancho, o jardim, entre outros.











































Família Siewert







Rovena Siewert


Fechamento com tijolos maciços - rosa estilizada






Casamento de Wendelin e Rovena Siewert - ele filho mais jovem de quem construiu a casa.




Jackson com a fotografia do casamentos dos pais Adir e Doris Siewert.








































Pilaretes de pedra 






Livro que conta a história dos Siebert.

Grupo que visitou a "Rota do Enxaimel" conosco - integrantes oriundos do nordeste brasileiro e do interior de São Paulo.
Varanda da casa Siewert. Com as três gerações dos Siewert: Wandelin, Adir e Jackson.



















Interior de Rio do Sul



































Publicações - relacionadas ao assunto: Clicar sobre título
  1. História de Blumenau - 1915 - Fotografia
  2. Weltruf - N°2 - Espaço para cultura, economia e história de alemães e descendentes fora da Alemanha
  3. Fachwerkbau in Südbrasilien - Nosso artigo Publicado na revista alemã - A Técnica Construtiva Enxaimel - Revista Weltruf
  4. Weltruf - na cidade de Neuendettelsau - conhecem a história da Moellmann 
  5. "Restauro" de um Enxaimel - Museu Kinderzeche Dinkelsbühl - Alemanha "Kinderzeche" - Zeughaus
  6. Fränkische Freilandmuseum Bad Windsheim - Roteiro Alemanha 2016
  7. Enxaimel e História em Dinkelsbühl - Roteiro Alemanha 2016
  8. Levantamento das Casas Enxaimel 
  9. 7ª Caminhada Noturna de Pomerode - Rota do Enxaimel - Turismo sustentável



Em construção...