segunda-feira, 26 de março de 2018

A História da Dança Folclórica na Região - 25 anos e Homenagens - Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí - AFG - Blumenau



No último dia 22 de março de 2018, a partir da 20:00h. aconteceram  homenagens pela passagem dos 25 anos de existência da  Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí - AFG. Uma das homenagens foi feita pela Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina - ALESC e a outra, pela Câmara de Vereadores de Blumenau. A proponente da homenagem feita pela ALESC foi a Deputada Estadual Ana Paula Lima. As homenagens aconteceram no auditório Heinz Geyer do Teatro Carlos Gomes - Blumenau, por questão de logística. Todo o cerimonial foi transferido para Blumenau, contando com a presença de outro deputado estadual e autoridades locais e regionais, bem como, representantes de todos os 19 grupos folclóricos de danças alemãs, polonesas e austríacas pertencentes a associação homenageada na noite. Para saber mais sobre cada um dos grupos - acessar o link: AFG-Tanz.

Os grupos folclóricos são:
  • Alle Tanzen Zusammen - Guabiruba SC;
  • Associação Cultural Freundenkreis - Blumenau SC;
  • Blumenauer Volkstanzgruppe - Blumenau SC;
  • Bogenbrücke Volkstanzgruppe - Indaial SC;
  • Eintrachtvolkstanzgruppe - Blumenau SC;
  • Freundschaft Volkstanzgruppe - Blumenau SC;
  • Grupos de Danças folclóricas Fritz Müller - Blumenau SC;
  • Grupo Folclórico Alpino Germânico - (Fundado em Blumenau) Atual Pomerode SC;
  • Grupo folclórico Badenfurt - Blumenau SC;
  • Grupo Folclórico Blumenstrauss - Blumenau SC;
  • Grupo Folclórico Freiheitstanzgruppe - Blumenau SC;
  • Grupo Folclórico Germânia - Blumenau SC;
  • Grupo Folclórico Teutonia - Blumenau SC;
  • Grupo Folclórico Viver ativo - Blumenau SC;
  • Tans-Und Spielgruppe Gartenstadt - Blumenau SC;
  • Trachtenverein Eintracht - Blumenau SC;
  • Volkstanzgruppe Grünes Tal - Blumenau SC;
  • Volkstanzgruppe Tanz im Tal - Benedito Novo SC.
Representação visual - marca e brasão - dos 19 grupos folclóricos pertencentes à Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí - AFG  
No dia 28 de novembro de 2013, escrevemos sobre o 20° aniversário da AFG. Para ler sobre, basta Clicar sobre: A Família AFG está em festa - 20 anos de História. Nesse intervalo de 5 anos, descobrimos mais sobre essa história da cultura local.

Algumas imagens da postagem do 20° aniversário
Esses três folcloristas continuam dançando: Marcos, André e Andrés

Ângela Ideker um dos nomes do folclore local - esteve presente na homenagem do 25° aniversário

Elton Gomes 

Tans im tal - Benedito Novo
Um pouco de história da Dança Folclórica - na região e na cidade de Blumenau

Nas regiões com  cidades fundadas por imigrantes alemães, a dança folclórica alemã sempre atraiu a atenção dos jovens e também de adultos.
Já escrevemos sobre o Grupo Folclórico Germânico Alte Heimat de Curitiba e a passagem de seus 50 anos de fundação, em 2014. Também escrevemos sobre o 40° Aniversário do GFG Böhmerwald de São Bento do Sul, nesse ano de 2018, entre outros tantos.
Oportunizando esse momento de Homenagens à  Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí - AFG, pela passagens de seus 25° aniversário de existência, resolvemos preencher algumas lacunas dessa história que não estavam sendo considerados. 
Temos conversado com folcloristas que estiveram na fundação da AFG.
Marilise, Andreas e Sérgio Luiz Theiss - os pais - folcloristas que estavam presentes na fundação da AFG - Sérgio Luiz secretariou a primeira ata - atualmente os três dançam do grupo folclórico Tanz-Und Spielgruppe Gartenstadt.

A fundação da associação de grupos de danças folclóricas da região de Blumenau foi resultado de uma  determinação e exigência da Associação cultural de Gramado, para que a  logística de repasses de danças fluísse com mais objetividade e rapidez na região, a qual era feita a partir de Gramado - Rio Grande do Sul. E assim foi feito - a AFG foi fundado a partir dos primeiros grupos folclóricos de Blumenau e região. Vamos buscar mais materiais e documentos históricos sobre esse tempo. Em breve - atualizaremos essa postagem.
Homenagem da ALESC aguardando o momento da entrega da monção. Coincidentemente - essa exposta (A partir de ordem alfabética) é também, do grupo mais antigo da AFG e também na ordem alfabética - Grupo Folclórico Alpino Germânico.
Para chegar até esse momento histórico, temos uma história pretérita a ser apresentada na qual surgiram os grupos de danças folclóricas na região.  
Um dos centros de cultura alemã, na cidade de Blumenau - C.C. 25 de Julho de Blumenau – no anos de 1970 - foi palco de intercâmbios culturais a partir do encontro diversos grupos culturais do Brasil, Argentina, Uruguai, Alemanha e Áustria. Muitos destes grupos culturais eram grupos de danças folclóricas.

Coincidentemente, o grupo folclórico associado mais antigo da AFG - Grupo Folclórico Alpino Germânico, fez sua primeira apresentação oficial no C.C. 25 de Julho de Blumenauantes mesmo dos anos de 1970. Mais precisamente,  no dia 29 de setembro de 1968. Nesse ano de 2018, estará comemorando seu 50°  aniversário. 
Comemoração do 49° aniversário GF Alpino Germânico - estivemos lá - 30 de setembro de 2017.
Um pouco dessa história...
Ex maestro Manfredo Bubeck
O Grupo Folclórico Alpino Germânico foi fundado no dia 28 de setembro de 1968 por Franz Zmazek e sua esposa, na sede do Clube de Caça e Tiro Testo Central - Blumenau SC.
O ex maestro dos coros do C.C. 25 de Julho e ex Secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Blumenau - Manfredo Bubeck nos contou que antes da fundação oficial do grupo folclórico, existia um trio musical formado pelo fundador do Alpino Germânico, Franz Zmazek (Canto e violão), por ele - Manfredo Bubeck (Acordeon) e sua esposa - Rita Bubeck (Canto). O trio se apresentava em muitos eventos da época, como: Encontro de Corais e concertos. Manfredo Bubeck disse que na época, participaram como uma das atrações na inauguração do Bela Vista Country Club - Blumenau.
Após algum tempo, Manfredo Bubeck saiu do trio e quem assumiu o acordeon foi Roland Findeiss, quando  também foi fundado, o Grupo Folclórico Alpino Germânico - no dia 29 de setembro de 1968, sob a coordenação de Franz Smazek.

Resultado de imagem para Roland Findeiss angelina wittmann
Folclorista André Cristiano Siewert do Alpino, o músico Roland Findeiss e
 o Cônsul da Áustria na região - Mauro Kirsten - Foto de 2016.
Nesta mesma data, sob orientações do primeiro coordenador - Franz ou Friedrich Zmazek, foi elaborado o estatuto e regimento do grupo folclórico, este voltado para a prática de danças folclóricas de caráter amador. Também ficou definido que Zmazek seria o presidente do grupo que foi batizado  de Alpino Germânico e como é chamado e conhecido até o momento presente. 
Na ata desta primeira reunião, consta os seguintes nomes - fundadores: Franz Zmazek, Ari Egger, Roland Findeiss, Ruth Dehner, Reiwald Findeiss, Wilson Bruch, Isadora Wagner, Osni Hermann, Rosita Burkhart e Renata dos Reis.
"Após a saída do  Manfredo, o Roland Findeiss assumiu o acordeon,  quando se formou definitivamente o Grupo Alpino Germânico - sempre sob a direção do abnegado e idealista das tradições Alpinas Austríacas Sr. Franz Zmazek. Sua sede sempre foi o C. C. T. Testo Salto. O Grupo está vivo até hoje e sua sede atual fica na cidade de Pomerode. Uma linda história." Manfredo Bubeck
Rosita Burkhart casada - Zeplin - uma dos membros 
fundadores do Grupo Folclórico Alpino Germânico,
 presente na noite do 49° aniversário do grupo folclórico. 
A folclorista ainda reside em Blumenau.





Contam aqueles que estiveram presentes no ato de fundação do grupo, que durante oito meses os folcloristas: Ruth Dehner, Ari Egger, Renata dos Reis, Osni Hermann, Rosita Burkhart (Foto atual ao lado), Wilson Bruch, Isadora Wagner e Reiwald Findeiss aprenderam a coreografia da dança com o casal Zmazek. Linda Zmazek ensinava os passos e Franz Zmazek, o Schuhplattler. O acompanhamento musical, corretamente, era feito sob o som de um acordeon e de um violão, tocados por Roland Findeiss e Franz Zmazek respectivamente.
Roland Findeiss - 2017
Grupo Folclórico Alpino Germânico e músicos Franz Zmazek e Roland Findeiss no Frohsin - Blumenau - Capa de seu primeiro trabalho gravado.
Os primeiros folcloristas do Grupo Folclórico Alpino Germânico foram pioneiros em adotar o Lederhosen na região - traje masculino da Bavaria - não conhecido por todos na cidade de Blumenau. Foi uma tentativa de usar algo semelhante ao original Lederhosen, uma vez que não se tinha acesso à original calça de couro bávara. 
Dessa maneira, o traje foi confeccionado e providenciado dentro do próprio grupo - feito de brim, observando uma Lederhosen original pertencente a Franz Zmazek .
Sede social do C.c. 25 de Julho de Blumenau - época da 1° apresentação do Grupo Folclórico Alpino Germânico.
Foto do Livro -  Centro Cultural 25 de Julho de Blumenau - Sua História - 1954 a 2009.
Franz Zmazek possuía uma Lerderhosen, a qual foi o modelo para Arno Krueger - alfaiate que confeccionou 4 calças como o Lederhosen, de brim. Os suspensórios masculinos foram feitos por Linda Zmazek que recebeu o figuras de flores de edelweiss desenhados por Franz Zmazek e pintados por Rosita Jung. Linda Zmazek fez o traje feminino completo. Ambos os trajes buscaram representar o traje das festas tradicionais da região dos Alpes.
A primeira apresentação oficial do Grupo Folclórico Alpino Germânico aconteceu no dia 5 de maio de 1969 - durante o 15º aniversário do C.C. 25 de Julho de Blumenau. Ainda no ano de 1969, o Grupo folclórico Alpino Germânico se apresentou na 2° Festa da Cerveja de Blumenau e após, passou a ser umas das atrações do Restaurante Frohsinn, no qual se apresentou entre os anos de 1969 até 1976. Nesta época faziam duas apresentações semanais para os visitantes. Em 1970, surgiu o primeiro trabalho gravado, onde Franz Zmazek e Roland Findeiss gravaram um disco com canções da região dos Alpes. Mais tarde, fez parte do grupo, o músico da localidade de Testo Central - Ivo Raduenz (Acordeon).



Chapéu do primeiro traje usado pelo  Alpino Germânico
No ano de 1982, o casal Zmazek viajou para a Áustria e para o sul da Alemanha, com o objetivo também, de complementar, a partir de pesquisa, a indumentária dos trajes do grupo folclórico. Ao retornar para o Brasil, trouxeram uma relação de acessórios, que no mesmo ano de 1982, foram doados pela Cia Karsten - Blumenau. A Karsten doou seis Lederhosen e suspensórios de couro, correntes, chapéu com a pena de águia e coletes para as folcloristas.
O G.F. Alpino Germânico permaneceu na cidade de Blumenau por mais de 14 anos. 
Eugênio Zimmer
Em 1983, durante a grande enchente - que teve início em julho - o Prefeito de Pomerode - Eugênio Zimmer convidou o grupo, prometendo apoio necessário se esse transferisse para a cidade de Pomerode e representasse o município em festividades e encontros culturais.
Na época, a Prefeitura de Pomerode ofereceu ajuda de custo para o transporte.
Esta passagem histórica esclarece e explica porque que a cidade de Pomerode, fundada por pomeranos, passou a ter um grupo de danças folclóricas com tradições bávaras.
Também houve a enchente de 1984, e com a  firme decisão do Secretário do Turismo Antônio Pedro Nunes em fazer a 1° Oktoberfest Blumenau mesmo após a calamidade natural, não demorou muito para se fundar um novo grupo folclórico em Blumenau, na sede, mais uma vez do C.C. 25 de Julho de Blumenau - neste tempo o Grupo Folclórico Alpino Germânico contava com 15 anos de fundação - e já instalado na cidade vizinha de Pomerode SC. 
Foi fundado o Grupo Folclórico Blumenauer Volkatansgruppe, o segundo grupo folclórico da Associação dos Grupos Folclóricos Germânicos do Médio Vale do Itajaí - AFG, mais velho, cuja história narramos na postagem do 20° aniversário da AFG. 
Grupo Folclórico Blumenauer Volkstanzgruppe se apresentando no C.C. 25 de Julho Blumenau 
1984 - ano de sua fundação.
Foto do Livro -  Centro Cultural 25 de Julho de Blumenau - Sua História - 1954 a 2009.
Desfile da 1° Oktoberfest Blumenau - Grupo Folclórico Blumenauer Volkstanzgruppe
Foto do Livro -  Centro Cultural 25 de Julho de Blumenau - Sua História - 1954 a 2009
O fôlder distribuído na homenagem à AFG pelo 15° aniversário, o Blumenau Volkstanzgruppe é citado como o grupo mais antigo da associação aniversariante - afirmamos que há um engano nesta afirmativa. 
O grupo mais antigo, fundado em Blumenau e atualmente sediado em Pomerode - território da antiga Colônia Blumenau - e que sempre existiu e atualmente é associado da AFG é o G.F. Alpino Germânico.
Grupo Folclórico Alpino Germânico
Logo mais apresentaremos mais sobre essa história. Abaixo - o fôlder entregue no dia das homenagens do dia 22 de março de 2018.

















Imagens das homenagens pela passagem do 25° aniversário da AFG. 
Um pouco dos momentos vividos pela família AFG, durante a noite de 22 de março de 2018, no Teatro Carlos Gomes - Blumenau SC.
As imagens comunicam.
Volkstanzgruppe Tanz Im Tal - Benedito Novo

Grupo Folclórico Viver Ativo - Blumenau






G.F. Alpino Germânico - Pomerode


Blumenauer Volkstanzgruppe - Blumenau



































Professoras Sueli Petry e Terezinha Heimann



Presidente da Fundação Cultural de Blumenau - Rodrigo Ramos



Tanz-Und Spielgruppe Gartenstadt































Mauro Kirsten - Cônsul honorário da Áustria na cidade de Blumenau

Atual Presidente da AFG - Rodrigo Volles








Alle Tanzen Zusammen - Guabiruba











Deputada Estadual Ana Paula Lima - proponente do Prêmio da ALESC.


























Atual diretoria da AFG - em nome da associação - recebendo as homenagens da noite, da ALESC e da Câmara de Vereadores de Blumenau.

Primeiro grupo folclórico - seguindo a ordem alfabética, a receber a moção, também foi o Grupo Folclórico Alpino Germânico - de Pomerode.





































































































































































































Momentos e imagens para a história.











Vídeos


Em breve + Vídeos.

Em construção...



Leituras Complementares - Para ler basta Clicar sobre o título escolhido:




























Nenhum comentário:

Postar um comentário